Home / Casa & Decoração / Hortas Verticais são ideias para quem mora em apartamento compacto

Hortas Verticais são ideias para quem mora em apartamento compacto

Especialistas sugerem as melhores plantas, locais destinados para o cultivo, dão dicas de conservação e, ainda, de como deixar o espaço mais charmoso

Rio – Para quem mora em apartamento compacto e quer uma horta, os modelos verticais são ideais. Em parede ou muro, a sugestão é uma forma de ter contato com a natureza, consumir temperos frescos e ainda traz vida e charme ao ambiente.

“O tamanho da horta será de acordo com o que o espaço permite. Um ponto importante é a luminosidade que precisa ser de, no mínimo, quatro horas. E, de preferência, que seja sol da manhã”, recomenda Vivian Perazzio, paisagista e sócia da Bem Verde Horta e Jardim.


Na hora de escolher o tipo de planta, a paisagista indica espécies de pequeno porte e de raiz pouco profunda, como salsinha, cebolinha, coentro, alface, coentro do mar, tomilho, orégano, rúcula e cebolinha francesa.

Segundo ela, são de fácil cultivo para quem está começando. Vivian alerta que é preciso investir em uma boa terra para ser trabalhada e fazer o controle de pragas com defensivos orgânicos. Materiais como calhas de PVC, cano de esgoto (novo), garrafas tipo PET e os tradicionais vasinhos de cerâmica também podem ser usados como vasos, diz ela.

Lulu Andrade, sócia do escritório Adoro Arquitetura, lembra que existem vasos próprios para hortas verticais para serem fixados nas paredes. “A criatividade é o limite. Pode-se até mesmo plantar em sapateiras. Independente do tipo de recipiente, é importante que tenha furos na parte inferior para o escoamento da água, evitando que as raízes apodreçam”, ressalta Lulu.

Uma opção charmosa são as latas de aço da Maria Sem Vergonha. São 15 estampas decorativas que já servem de vaso. E, entre as opções para plantar, estão alecrim, amor perfeito, camomila, erva cidreira, girassol anão, hortelã, manjericão, maravilha, margarida, orégano, pé de ovo, pimenta malagueta, tomate cereja e trevo da sorte. “A preocupação com causas sociais e ecológicas deixou de ser modismo. É o momento perfeito para quem quer acrescentar mais contato com a natureza no dia a dia”, diz Carlos Pinho, idealizador da marca.

Cada lata custa R$ 29,90 e vem com 400g de terra vegetal tratada a base de cogumelo, 180g de pedrisco, um pacote com sementes sem defensivos (não têm agrotóxico e não são modificadas geneticamente) e mais um manual prático de jardinagem. De acordo com o fabricante, as sementes têm taxa de até 90% de fertilização.

Mas é importante não plantá-las todas de uma vez para garantir uma segunda tentativa, caso a primeira não germine. “Queremos criar um novo hábito ao ensinar de maneira fácil e prática como colher esses ‘frutos’ do seu pequeno jardim”, explica Carlos.

Segundo ele, há a preocupação com a proliferação da dengue, pois a tampa não enferruja e não deixa espaço para a criação do mosquito. E ainda serve como prato para o escoamento da água. O produto pode ser encontrado em lojas parceiras da marca ou em mariasemvergonhaeco.com.br.

Opções ocupam pouco espaço e mantêm contato com a natureza

Lojas especializadas em artigos de jardinagem oferecem tipos variados de painéis verticais. A vantagem é que eles ocupam pouco espaço e ainda deixam a sua parede bem verde e decorada.

Caso não seja possível usar a parede, especialistas indicam carrinhos, estantes pequenas com prateleiras, caixotes de feira, pallets e até a sacada da janela podem ser usados.

A horta montada em um pequeno espaço da cozinha também é bastante usada. Além de deixar o ambiente charmoso, os temperos ficam sempre a mão de quem está cozinhando.

Escolhido o local e o modelo, não esqueça do kit ferramenta. Ele deve conter chave de fenda, buchas, parafusos, furadeira, lápis, vasos, braçadeiras ou gancho metálicos para a instalação dos painéis que darão suporte aos vasos.

Vale lembrar que usar as ferramentas adequadas evita transtornos na montagem e na manutenção da horta. E, por ser um momento de contato com a natureza, que tal chamar a família para participar? O cultivo deve ser um momento agradável e saudável para todos.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

Scroll To Top