Home / Dicas / ‘Carne de jaca’ é queridinha dos veganos; saiba como fazer e incluir na dieta

‘Carne de jaca’ é queridinha dos veganos; saiba como fazer e incluir na dieta

Preparo lembra textura de frango e combina com diversos pratos, mas fique atento ao incluí-lo na dieta para não deixar nutrientes importantes de lado

Qual carne pode ser consumida por quem segue uma alimentação vegana? Essa pergunta pode soar estranha, mas a resposta já é uma moda entre os adeptos desse tipo de dieta: a “carne de jaca”.

Com polpa fibrosa%2C a jaca pode virar 'carne' em seus pratos

Com polpa fibrosa, a jaca pode virar ‘carne’ em seus pratos

Foto: shutterstock

A jaca é uma fruta tipicamente brasileira e que divide opiniões. Muitos reclamam do forte odor, por exemplo. Entretanto, se a polpa for cozida e desfiada, ela fica com textura e aspecto bem semelhante a frango e com o sabor neutro. Essa é a “carne de jaca”. “Experimente biomassa de banana verde. O sabor e o odor praticamente não existem no final do preparo. É a mesma coisa com a jaca”, diz a culinarista funcional Malu Lobo.

Como preparar

Malu ensina como fazer essa “carne” em casa. A primeira dica é, assim como no caso da biomassa de banana, escolher uma fruta ainda verde. “Preste atenção também ao tipo da fruta. Quanto menor, melhor. Há também aquela com a polpa mole e com a polpa dura. A segunda opção é a ideal para fazer a ‘carne’”, orienta a culinarista.

Ela ainda sugere tirar a casca e cortar em pedaços antes de cozinhar. “A fruta tem uma cola e, para facilitar, unte a mão e passe a faca que irá usar para cortar no óleo”, fala Malu. Retire o talo que fica no meio da fruta e leve os pedaços da polpa com os caroços em uma panela de pressão em fogo alto com água, sal e uma colher de sopa de vinagre. Quando pegar a pressão, diminua o fogo e deixe cozinhar por 20 minutos.

Espere a polpa esfriar, retire o caroço (reserve, ele será importante para completar o cardápio) e desfie. Assim, ela vai ganhar o aspecto de frango.

Use a polpa e também o caroço da jaca para receitas

Use a polpa e também o caroço da jaca para receitas

Foto: shutterstock

Carboidrato x proteína

É preciso cuidado ao incluir a “carne de jaca” no cardápio. Apesar do nome, ela é completamente diferente da carne animal, que é uma fonte de proteína. “A jaca é rica em carboidrato. A proteína fica concentrada no caroço. A substituição só é válida para a questão da textura, mas em termos nutricionais é bem diferente”, alerta o nutrólogo Roberto Navarro.

Apesar de conter 22% de carboidrato, não é um alimento muito calórico. Uma porção de 100 gramas contém aproximadamente 60 kcal.

Lembra-se do caroço? Malu sugere também consumí-lo para garantir uma fonte de proteína. Segundo a culinarista, depois de cozido, ele se parece com uma castanha ou pinhão e fica ótimo como um petisco. Depois de desfiar a “carne”, descasque o caroço, tempere com sal, pimenta e limão e leve ao forno por 15 a 20 minutos. Petisco pronto e saudável!

Benefícios e risco

Além da questão da proteína, Roberto faz mais um alerta para o consumo desta “carne”. A jaca é rica em vitamina K e não pode ser consumida em grandes quantidades por quem faz uso de remédios anticoagulantes pois há o risco de diminuir o efeito da medicação.

Mas a fruta também traz benefícios. Ela é rica em fibras, que contribuem para o bom funcionamento do intestino, além de ferro, cálcio e potássio. Também tem boa quantidade de riboflavina e niacina, vitaminas do complexo B e ótimos antioxidantes.

Jaca%3A contém potássio%2C que ajuda a reduzir a pressão arterial%2C é boa fonte de vitamina A e C

Jaca: contém potássio, que ajuda a reduzir a pressão arterial, é boa fonte de vitamina A e C

Foto: Getty Images

Mais receitas

A “carne de jaca”, segundo Malu, combina com pratos com salpicão, carne louca e até recheio de coxinha. Como tem pouco sabor, o ideal é fazer um pré-tempero antes de preparar de fato o prato. A culinarista sugere um refogado da carne com alho e cebola.

Já o caroço pode virar uma conserva. Veja os detalhes:

1 litro de água
1/2 colher sopa sal marinho
Ramos de tomilho e alecrim a gosto
1 litro de vinagre branco
500 g caroço
1 folha de louro
7 grãos de pimenta do reino preta
5 dentes de alho laminados

Lave, descasque e cozinhe os caroços em água com sal (ou aproveite os que cozinhou com a carne é só descasque). Reserve.

Coloque água, sal e ervas em uma panela e, quando ferver, desligue o fogo e adicione o vinagre.

Em um vidro limpo e higienizado, disponha os caroços, o alho laminado, os grãos de pimenta, o louro e o líquido. Complete até a boca do vidro e feche. Deixe uns dois dias na geladeira antes de consumir.

Além disso, use a sua imaginação. Com sabor neutro, esse preparo de jaca pode ser usado para receitas salgadas e também doces.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

Scroll To Top