Home / Tag Archives: brasil

Tag Archives: brasil

Feed Subscription

Maluma vai dividir o palco com Anitta no ‘Música Boa ao Vivo’

Além de marcar presença no programa “Música Boa ao Vivo”, do Multishow, o cantor também participará dos shows da diva no próximo fim de semana

Sim ou Não%2C hit da cantora Anitta que contou com a participação do colombiano Maluma, está entre os (muitos) sucessos emplacados pela funkeira carioca

Sim ou Não, hit da cantora Anitta que contou com a participação do colombiano Maluma, está entre os (muitos) sucessos emplacados pela funkeira carioca

Foto: Reprodução

Sim ou Não, dos cantores internacionalmente conhecidos Anitta e Maluma, foi um hit que registrou um sucesso e tanto entre os fãs dos dois astros e, obviamente, daqueles que adoram se deixar levar pelo ritmo envolvente e viciante do reggaeton. Prova disso, é a vinda do intérprete e galã para as terras tropicais para fazer shows com a cantora.

Além da aparição no programa, o jovem astro colombiano Maluma, de 23 anos, também tem outras tarefas no Brasil. Entre elas, está a participação nos shows da maior musa pop das terras tropicais que dividirá o espaço do palco com o cantor nos dias 29 (sábado) e 30 de abril (domingo) nas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo, respectivamente. O espetáculo, em solo carioca, acontecerá na casa de shows Vivo Rio, já na terra da garoa, o local escolhido para a apresentação da funkeira, que contará com a presença do cantor que alavancou com ela o hit Sim ou Não, foi o Espaço das Américas.

Multitalento + 4ª temporada

Que a Anitta é mega talentosa, todos sabem. Mas algo que pode não ser do conhecimento de todo mundo é que a gata, além de cantora, ainda tem outros dotes a serem explorados. Um deles é a aptidão para a TV no modo mais puro. Nesse sentido, a casa que tem a honra de receber a funkeira como anfitriã é o programa “Música Boa ao Vivo”, do Multishow, que em sua quarta temporada, lançada no dia 18 de abril, teve o primeiro episódio batendo recordes: o quadro foi assistido por mais de 1,5 milhão de pessoas, segundo informações do Kantar Ibope MW, e recebeu nomes de peso do meio da música como Luan Santana e Matheus & Kauan, além da dupla Anavitória.

Documentário sobre Maria Martins a destaca entre os maiores artistas brasileiros

A escultora Maria Martins tem sua trajetória contada em “Maria: Não Se Esqueça Que eu Venho dos Trópicos”, destaque do festival É Tudo Verdade

“A leitura feminista do século XX trouxe para o primeiro plano artistas que eram consideradas marginais por que não faziam parte da história patriarcal”. A frase é de Carolyn Christov-Bakargiev, historiadora, escritora e curadora americana, dita em cena do documentário “Maria: Não Se Esqueça Que eu Venho dos Trópicos”. Ela utiliza essa frase para explicar o contexto no qual Maria Martins estava inserida.

Um dos maiores expoentes da escultura da primeira metade do século, Maria foi de tudo um pouco, mas seu reconhecimento, principalmente no Brasil, demorou a chegar. Morta em 1973, Martins ganha seu primeiro documentário, dirigido por de Francisco C. Martins e em exibição no Festival “É Tudo Verdade”.

Maria Martins entre suas obras. Carreira da artista é retratada em documentário exibido no Festival

Maria Martins entre suas obras. Carreira da artista é retratada em documentário exibido no Festival “É Tudo Verdade”

Foto: Divulgação

Uma pesquisa rápida na internet comprova que o mundo cibernético pouco sabe sobre Maria. E que pena. O documentário vem em boa hora, quando mulheres buscam, mais do que nunca, exemplos femininos em que se inspirar. E Maria Martins é inspiradora.

O filme mostra sua infância em berço de ouro, mas logo se dedica ao primeiro grande “escândalo” de sua vida: o desquite do então marido Otávio Tarquínio de Sousa e subsequente casamento com o embaixador Carlos Martins. A vida de embaixatriz levou Maria para muitos lugares no mundo, mas também a aprisionou em um mundo que não a pertencia. Foi assim, tentando escapar da missão de “boa embaixatriz”, que, vivendo na Bélgica, Maria começou a ter aulas de escultura. Seu trabalho começou a dar frutos, mas foi quando se mudou com o marido para os Estados Unidos que sua carreira mudou de vez.

A vida de Maria é fascinante, e o documentário faz questão de mostrar isso. Contato com Carmen Miranda, pedidos de JK para Brasília, visita a Frida Kahlo, amizade com Picasso e relação com políticos americanos, tudo isso é mostrado no longa. Mas o que impressiona mesmo, além do talento de Maria, é claro, é a liberdade com que ela circulava pelo meio artístico, em um período em que ser uma mulher independente era algo raro.

Maria explorava e expunha a sexualidade em suas obras, e não demorou muito atraiu muitos artistas para o seu meio. O mais marcante deles foi o francês Marcel Duchamp, com quem manteve uma colaboração que ultrapassou as barreiras artísticas. O longa destaca, sem sensacionalismo, a provável relação entre os dois e o impacto que Maria teve na obra de Duchamp.

Reconhecimento

O documentário usa de artimanhas artísticas para dar o tom, como a trilha orquestrada para acompanhar a exibição de suas obras, além de encenar algumas de suas cartas e conversas com Duchamp, Clarice Lispector e artigos escritos para o jornal “Correio da Manhã”. Além disso, a atriz Malu Mader, que inicialmente dirigiria a obra, aparece em entrevista e revisitando suas obras em museus do mundo todo. Mas, esse recursos acabem sendo o ponto mais fraco do longa que, munido de um extenso acervo, entre fotos, imagens das obras, cartas e depoimentos da família, já consegue satisfazer a curiosidade por quem é Maria Martins.

Uma das obras mais famosas de Maria Martins%2C

Uma das obras mais famosas de Maria Martins%2C “O Impossível”

Foto: Divulgação

Ainda assim, esses momentos não estragam o documentário que, embora convencional na maneira linear e explicativa que retrata Maria Martins, também a engrandece e a destaca pelo que é: uma das maiores artistas brasileiras, e uma das maiores artistas surrealistas do mundo.

Marcos faz campanha para participar de ‘A Fazenda’: ‘Vou incomodar’

O cirurgião plástico que foi expulso do BBB17 utilizou as suas redes sociais para fazer um pedido aos fãs que lançassem uma hashtag em seu favor

Marcos Harter deu o que falar nas últimas semanas. Indiciado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) na última quarta-feira (19) por lesão corporal, depois de ter tido discussões com a sua companheira, Emilly Araújo, o ex-participante do BBB volta aos holofotes, mas desta vez por uma outra questão: o desejo de participar no programa “A Fazenda”, da RecordTV.

Marcos faz um apelo para os fãs para que possa participar do reality show da RecordTV

Marcos faz um apelo para os fãs para que possa participar do reality show da RecordTV “A Fazenda”

Foto: Reprodução/Facebook

Na última terça-feira, durante uma transmissão ao vivo no Instagram, Marcos levantou a possibilidade de participar do reality show “A Fazenda” quando um seguidor perguntou ao cirurgião se ele aceitaria um convite para participar do programa concorrente ao Big Brother Brasil. Empolgado, Marcos não mediu palavras para expressar os seus interesses. “Vou incomodar”, afirmou.

Além disso, Marcos também fez um apelo aos seus fãs que subissem a hashtag #MarcosHarterNaFazenda no Twitter, como uma campanha para que ele tivesse a chance de integrar o grupo de participantes do programa que terá sua nona temporada no segundo semestre desse ano. O apelo deu certo e diversos fãs do cirurgião já fizeram publicações nas suas redes sociais clamando pela sua participação no reality show.

Participação no “Big Brother Brasil”

O contrato que Marcos Harter possui com a Globo, para a sua participação no Big Brother Brasil, termina este semestre, coincidindo com o início do programa da emissora concorrente. O cirurgião plástico foi expulso do BBB17 depois da intervenção da Polícia Civil no programa. O cirurgião foi acusado de agredir fisicamente a sua companheira Emilly Araújo e, se for provada a violência doméstica, Marcos pode pegar de um a três anos de prisão segundo a Lei Maria da Penha. As investigações ainda não foram concluídas pela polícia.

Produção de séries sofre boom no Brasil, mas não deve roubar espaço das novelas

A audiência mostra que a população já não assiste tanto novela quanto antigamente e é impossível evitar o investimento em outros formatos

“Magnífica 70”, “Manual Para se Defender de Aliens, Ninjas e Zumbis”, “Prata da Casa”, “Vade Retro” e “Sem Volta”. Essas são algumas das séries lançadas no Brasil nos últimos dois anos. Em um País que consome muito os “enlatados” americanos, a produção nacional parece estar prosperando. Das cinco citadas, três são de emissoras que já apostam forte no formato: HBO, Warner e Fox, respectivamente.

Já as emissoras abertas Rede Globo e Record estão mudando seu olhar das novelas para esse assunto. Apesar de sempre manter uma série na programação, a Globo, por exemplo, nunca priorizou o formato, até agora. Guel Arraes foi selecionado como diretor de dramaturgia semanal, e sob sua supervisão estreou a nova produção, “Vade Retro”, que tem uma linguagem que é nova na emissora. A fotografia, os efeitos especiais e a parceria com a O2 Filmes mostram que a Globo tem interesse em se reinventar no formato. Mas, por quê?

Estamos chegando ao fim das novelas e da ascensão das séries?

Estamos chegando ao fim das novelas e da ascensão das séries?

Foto: Zé Paulo Cardeal/TV Globo

Claro que seguir uma onda que parece só crescer é um dos motivos. “Existe uma revolução no mundo que está acontecendo com seriados que a gente não pode ignorar”, comenta o diretor geral da série, Mauro Mendonça Filho. “A TV Globo tem uma reputação de conteúdo de televisão, de audiovisual muito convincente. Em termos de novelas, é o time a ser batido. Precisamos ampliar essa reputação para seriados”, completa.

A “era de ouro da televisão” que está acontecendo agora traz histórias, personagens e visibilidade para temas que a indústria cinematográfica parece ter negligenciado nos últimos tempos, e com isso as produções de TV não só prosperam, como recebem o apoio de grandes estrelas do cinema. “Big Little Secrets”, que foi ao ar mais cedo este ano pela HBO é um bom exemplo. A minissérie em sete episódios contou com um elenco estrelado, liderado por duas vencedoras do Oscar, Reese Witherspoon e Nicole Kidman, além de Laura Dern, indicada duas vezes.

Novela x Séries

É difícil traçar uma comparação real entre novelas e séries. Elas tem formatos, propostas e públicos diferentes, mas isso não significa que não possam ser apreciadas igualmente. A própria Televisa, celeiro de novelas que fazem sucesso muito além do México, já repensou sua estratégia e passou a investir mais em séries nos últimos anos.

3% tem boa audiência nos EUA, mas ainda sofre muitas críticas no Brasil

3% tem boa audiência nos EUA, mas ainda sofre muitas críticas no Brasil

Foto: Divulgação/Netflix

Com isso, é de se imaginar que o Brasil vá acompanhar essa crescente, mesmo que as produções nacionais tenham um olhar mais crítico sobre elas, como foi o caso de “3%”. A série, que é a produção de língua não-inglesa mais assistida dos EUA, não teve uma recepção tão calorosa em casa, recebendo críticas que não deixavam passar nada: roteiro, atuação, direção, cenário. Ainda assim, podemos esperar uma expansão das produções. A Netflix planeja outras séries nacionais, como a já confirmada “Samantha” e outra sobre a Operação Lava Jato.

A novela vai acabar?

Não. A novela não vai acabar, e nem deveria. A teledramaturgia brasileira, além de ter maior alcance, tem um papel importante de refletir e população ao mesmo tempo que a entretém. As equipes que a compõe, incluindo autores, diretores e atores têm um talento ímpar, e quem assiste capítulos diários de uma produção não está necessariamente interessado em “maratonar” uma série, portanto há espaço para ambas.

“Carcereiros” estreia na programação da Globo apenas em 2018, mas estará disponível na plataforma digital em Junho

Foto: Divulgação/TV Globo

Mas, no país da novela, talvez seja chegada a hora de oferecer oportunidades para as séries. E as duas principais emissoras a exibirem o formato, Record e Rede Globo, parecem finalmente ter percebido isso. A Record ainda é mais discreta, mas esse ano estreou, com 13 capítulos, a série “Sem Volta”, com uma trama original e fora dos registros bíblicos tradicionais da emissora. Já a Globo foi a Cannes na França para lançar “Carcereiros”, que só deve estrear em 2018 na emissora. Mas, para quem quiser se aventurar na “maratona”, a série estará no serviço “Globo Play” em 5 de junho, pelo menos seis meses antes de ir à TV.

Essa possibilidade também é nova, mas promete crescer ainda mais a longo prazo. A emissora anunciou que irá concentrar o foco de sua estratégia digital no ambiente de vídeo. Seguindo a mesma linha, “Vade Retro” estava disponível na plataforma também antes da estreia na TV.

“Sem Volta” foi tentiva da Record de incluir o formato de séries na programação

Foto: Munir Chatack/Record TV

Parece que a TV aberta finalmente tem se atentado para o fato de que começar a apostar em um formato não significa desistir de outro. Sempre haverá espaço para novelas na produção brasileira, mas isso não significa que as séries não possam se tornar outro grande produto do audiovisual brasileiro.

DVD e Blu-Ray de ‘Moana’ chegam às lojas com muito conteúdo especial

Sucesso absoluto nos cinemas de todo o mundo, “Moana” chega agora em DVD e Blu-Ray no Brasil recheado de conteúdo exclusivo que não foi exibido nas telonas.

Além da primorosa animação que conta a história da jovem aventureira Moana, o DVD terá cenas inéditas dos bastidores da produção do filme e bate-papos com os diretores Ron Clementes e John Musker, os mesmos responsáveis por clássicos como “A Pequena Sereia”, “Aladdin” e “Hércules”, sobre suas escolhas na hora de tirar a ideia dessa princesa do papel.

DVD de ''Moana'' traz cenas inéditas dos basditores do filme%3B veja conversa com o elenco com exclusividade

DVD de ”Moana” traz cenas inéditas dos bastidores do filme.

Foto: Divulgação

Making Of

O DVD e o Blu-Ray de “Moana” terá diversos conteúdos inéditos que, para aqueles que se apaixonaram pelas façanhas da mais nova princesa da Disney, são um prato cheio: os diretores Ron Clements e John Musker – que desde o começo mergulharam na cultura nas ilhas do pacífico para fazer uma história que fosse fiel à seu povo – conversam sobre como foi trabalhar com a estreante Auli’i Cravalho e com o veterano Dwayne “The Rock” Johnson, mini-documentários sobre a produção de filme, curtas com histórias pequenas relacionadas aos personagens e, para finalizar, o DVD ainda terá a animação “Trabalho Interno”, assinada pelo animador brasileiro Leo Matsuda.

Moana” conta a história de uma menina que deveria suceder seu pai na tribo em que vivem, mas foi a escolhida pelos deuses para embarcar em uma jornada que transformaria sua vida dali por diante. No caminho ela encontra o deus Maui, que será seu companheiro nessa aventura pelos ocenas do pacífico. A animação conquistou duas indicações no Oscar e, mundialmente, faturou mais de 637 milhões de dólares.

Água para ajudar a dieta? Sim!

Nutricionista fala como beber água pode dar aquela forcinha para quem quer emagrecer e desvenda alguns mitos. Veja todos os detalhes

Sim, precisamos beber água. Até aí, nenhuma novidade. O líquido é fundamental para manter o bom funcionamento e a hidratação do corpo. Mas ele também pode dar uma forcinha a mais para quem está em uma dieta de emagrecimento.

Beber água pode ajudar na dieta

Beber água pode ajudar na dieta

Foto: shutterstock

Água antes das refeições

Segundo um estudo publicado pela Obesity, a água ingerida antes das refeições ajuda a dar mais saciedade. Conversamos com a nutricionista Patricia Ruffo para entender melhor os detalhes dessa pesquisa.

O estudo mostrava que beber 500 ml do líquido 30 minutos antes do almoço, por exemplo, fazia com que a pessoa comesse menos. Segundo Patrícia, a bebida vai ocupar um lugar no estômago, sobrando menos espaço para a comida e, com isso, o indivíduo iria ingerir menos alimentos naquela refeição. Com menos comida, menos calorias são ingeridas e o resultado é emagrecer.

Entretanto, para que a prática desse resultado, os participantes do estudo, como ressalta a nutricionista e gerente científico da divisão nutricional da Abbott no Brasil, foram orientados a não comer mais nada pouco depois da refeição. “É uma saciedade momentânea. O esvaziamento gástrico será rápido e logo logo a pessoa terá fome de novo. E se for comer mais uma vez, de nada adiantou beber o líquido”, afirma Patrícia.

Pontapé inicial

Segundo a nutricionista, essa é uma medida paleativa e o melhor caminho para um emagrecimento saudável e duradouro é mudar os hábitos e a rotina alimentar. Entretanto, usar a tática da bebida pode ser um ótimo pontapé inicial para uma dieta.

Ela fala, por exemplo, que a pessoa pode ter dificuldade para começar uma reeducação alimentar. Nesse caso, pode usar a bebida nesse começo, para já ter algum resultado e se motivar a continuar a dieta.

E durante as refeições, pode?

Alguns nutricionistas pedem para se evite beber líquido durante as refeições. Para Patrícia, não há problema algum nisso, desde que seja ingerido água – não sucos ou refrigerantes – e em pequena quantidade (um copo pequeno). Segundo a profissional, a bebida até ajuda a formar o bolo alimentar, porque muitas pessoas não mastigam direito, e na digestão.

Sede ou fome?

Ainda há outra importante função da bebida para quem quer emagrecer. Patrícia diz que, em muitos momentos, pensamos que estamos com fome, mas estamos apenas com sede. “Almocei bem e, logo depois, acho que estou sentindo fome de novo. Pode não ser de fato necessidade de mais alimento. Nesse caso, tome um copo do líquido. É difícil, mas aos poucos vai conseguir racionalizar isso”, orienta.

E vale ressaltar que um corpo bem hidratado sente menos essa “fome”. Por outro lado, um corpo mal hidratado sofre de fadiga e até falta de concentração.

Para evitar problemas, a indicação são dois litros em média de água por dia, que pode ser natural ou até na versão saborizada. Além disso, o líquido também está presente em diversos alimentos, como frutas e legumes, que ajudam a dar um gás na hidratação.

Marcos é processado por danos morais

Após ser expulso do reality depois da agressão a Emilly, o médico está sendo processado por danos morais por uma antiga colega de trabalho

A vida não está fácil para o ex-BBB Marcos Harter. Após ser expulso do reality show depois da polícia confirmar a agressão a Emilly, o médico está sendo processado por danos morais por uma antiga colega de trabalho de um hospital em Diadema, em São Paulo.

Segundo consta no processo, Elaine Cristina Minatti, pede uma indenização de R$ 50 mil ao médico. Marcos teria compartilhado fotos da colega em seu perfil no Facebook e por isso foi acionado na Justiça.

Mas, a confusão não para por aí. O processo é de 2013 e desde então oficiais de justiça nunca encontraram Marcos para citá-lo na ação. Após entrar no “BBB”, a advogada de Elaine, Patrícia Zaparoli, resolveu retomar a ação citando o endereço do Projac onde Marcos estava confinado.

Procurada pela equipe de reportagem, a assessoria do brother ainda não respondeu aos questionamentos.

Expulsão do ‘BBB17’

Marcos foi expulso da casa do ‘Big Brother Brasil 17’, na noite desta segunda-feira, após a produção do programa concluir que ele agrediu a estudante Emilly Araújo, 20 anos, neste domingo, em decorrência de investigação da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam). Na ocasião, Marcos segurou Emilly pelos braços e gritou com a sister enquanto apontava o dedo em sua face. Em outro momento, internautas relataram que o brother bateu a cabeça da gêmea no chão enquanto ficava em cima dela.

Na abertura do reality, o apresentador Tiago Leifert anunciou a medida. “O Big Brother é um programa que reflete a vida real e, como tal, os fatos da vida. Continuando o episódio de ontem, a Polícia Civil esteve na casa e colheu depoimentos de Marcos e Emilly. Eles foram ouvidos separadamente no confessionário e Emilly teve todo o apoio da produção no caso. A polícia concluiu que há indícios de agressão. Sendo assim, Marcos está eliminado do programa. Vamos anunciar que as meninas serão as finalistas. A nossa casa está inserida no contexto da vida, no contexto da lei. Peço a vocês compreensão e paciência”, disse.

Marcos é expulso do ‘BBB 17’ após episódio de agressão contra Emilly

Família divulgou nota, mais cedo, defendendo o médico. Polícia Civil esteve na casa e tomou depoimento dos dois participantes

O médico Marcos Holter, 38 anos, foi expulso da casa do ‘Big Brother Brasil 17’, na noite desta segunda-feira, após a produção do programa concluir que ele agrediu a estudante Emilly Araújo, 20 anos, neste domingo, em decorrência de investigação da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam). Na ocasião, Marcos segurou Emilly pelos braços e gritou com a sister enquanto apontava o dedo em sua face. Em outro momento, internautas relataram que o brother bateu a cabeça da gêmea no chão enquanto ficava em cima dela.

Na abertura do reality, o apresentador Tiago Leifert anunciou a medida. “O Big Brother é um programa que reflete a vida real e, como tal, os fatos da vida. Continuando o episódio de ontem, a Polícia Civil esteve na casa e colheu depoimentos de Marcos e Emilly. Eles foram ouvidos separadamente no confessionário e Emilly teve todo o apoio da produção no caso. A polícia concluiu que há indícios de agressão. Sendo assim, Marcos está eliminado do programa. Vamos anunciar que as meninas serão as finalistas. A nossa casa está inserida no contexto da vida, no contexto da lei. Peço a vocês compreensão e paciência”, disse.

Mudando para a casa, Leifert anunciou que Marcos havia sido expulso para Emilly, Ieda e Vivian. “Quando há esse tipo de caso, as vítimas devem procurar a polícia. Vimos o que aconteceu e decidimos, concluímos que você (Emilly) não precisava falar nada. Acho que o Marcos perdeu a capacidade de competir. Ele não estava mais conseguindo viver o jogo. Achamos por bem fazer isso”.

Inicialmente, a estudante recebeu a notícia com tristeza. “Quero dizer para o meu pai que estou bem”, disse, entre soluços. “A culpa não é sua”, disse Leifert. Após o apresentador cortar para a sala da casa, a gêmea chorou no colo de Ieda e Vivian. “Eu não acredito que isso aconteceu, ele não me fez nada”, disse Emilly. As duas meninas foram taxativas. “O fato dele apontar o dedo na cara das pessoas caracteriza uma espécie de agressão”, disse Vivian. “Eu lamento o que aconteceu, mas agora é hora de você seguir em frente”, afirmou Ieda.

Ao fim do primeiro bloco, Tiago Leifert se dirigiu aos telespectadores e pediu que o público “pensasse sobre e discutisse o episódio”. No fim do programa, o apresentador informou às mulheres que “seria uma honra entregar o prêmio para uma das três”.

Pela Internet, a expulsão de Marcos foi muito comemorada e gerou memes. As hashtags #OMarcosFoiExpulso, #Vivian e #MachistasNãoPassarão ficaram entre os trending topics do Twitter.

Mais cedo, o Jornal Nacional informou que Emily foi interrogada com perguntas baseadas na Lei Maria da Penha e que a sister negou qualquer agressão sofrida por Marcos. O noticiário também ressaltou que o brother foi repreendido pela produção do ‘BBB 17’.

Família de médico divulgou nota de apoio

A família de Marcos Harter divulgou uma nota na tarde desta segunda-feira, afirmando que a agressividade do participante do Big Brother Brasil é “consequência do estresse causado pelo confinamento”.

“Dr. Marcos, como é conhecido, sempre foi um ser humano dócil, amável e querido por todos, tanto por seus familiares como amigos e pessoas que lida diariamente. Esse relacionamento com a Emilly, não é o tipo de relação amorosa que ele costuma ter, e acreditamos que o que vem acontecendo dentro da casa entre os dois, é responsabilidade de ambos e não apenas do Marcos”, completa a declaração assinada por Caroline Harter, Enilda Harter, João Carlos Harter, Juliano Morandini Oliveira e Caroline Barros.

Pai de Emily pede proteção contra Marcos

Em sua conta no Twitter, Mayla, irmã gêmea de Emilly, que foi eliminada no início da competição, revelou que seu pai havia entrado em contato com a produção do programa para garantir a segurança da filha durante a última semana de BBB 17.

“Quero deixar claro para todos: meu pai está em contato com a produção. Chegou no limite. Estamos devastados com tudo que vimos”, escreveu Mayla.

O episódio chamou a atenção da delegada titular da Deam, Márcia Noeli. “Quando soube do caso, procurei assistir aos vídeos. Pelas imagens, há, sim, ameaça. Não de morte, mas, no mínimo, uma tentativa de constranger. Recomendo que ela faça o registro na delegacia assim que deixar o reality show”, disse Márcia.

De acordo com a delegada, como, a princípio, não houve lesão corporal, a polícia não poderia intimar Marcos sem que Emilly registrasse o caso. “Estaria no campo da ação penal pública condicionada à representação da vítima. Ao menos aparentemente, não houve lesão corporal, mas não é algo que eu possa afirmar. A participante precisaria passar pelo exame de corpo de delito”, explica. Em uma das cenas, Emilly pede que Marcos solte seu braço: “Está doendo”.

A discussão do casal virou o assunto mais comentado, ontem, na Internet. No Twitter, a hashtag #ExpulsaMarcos, que pede a expulsão do participante do programa, foi a mais usada.

Controle o estresse com ajuda da alimentação

Comer quando estiver estressada pode ser uma coisa boa! Nutricionista explica como os alimentos ajudam a aliviar essa sensação

Depois de um dia estressante no trabalho ou mesmo em casa, o que você quer é uma comida gostosa para reconfortar. Pois comer para aliviar o estresse pode ser, sim, uma coisa boa. E até um pedaço de chocolate é bem-vindo nesta hora.

Anda sofrendo com estresse? A alimentação pode te dar uma grande ajuda!

Anda sofrendo com estresse? A alimentação pode te dar uma grande ajuda!

Foto: Shutterstock

Quem faz essa brincadeira de que comer por causa do estresse é bom é a nutricionista Patrícia Ruffo. “A gente costuma usar a comida como uma muleta. É comum pensarmos: ‘estou estressada e vou comer mais’. Então porque não aproveitar que está estressada e comer melhor para ajudar com a situação?”, comenta a profissional.

Como funciona

A nutricionista, que também é gerente científico da divisão nutricional da Abbott no Brasil, explica que alguns alimentos são ricos em triptofano, um aminoácido que ajuda o corpo a produzir serotonina, hormônio que atua contra o estresse.

Carnes, peixes, frutos do mar, grãos de modo geral como linhaça, semente de girassol, nozes e chocolate amargo são alimentos ricos em triptofano”, lista Patrícia.

Esse aminoácido é comum nas proteínas, portanto, se tiver uma dieta equilibrada nesse nutriente, já está em uma alimentação que vai ajudar quem estiver estressado. E não vale exagerar. O chocolate amargo tem bons nutrientes, por exemplo, mas em excesso também vai engordar e isso pode gerar um novo problema.

Além disso, alguns alimentos podem ajudar a melhorar o fluxo sanguíneo, o que faz com que os nutrientes sejam conduzidos de forma mais adequada pelo corpo, colaborando para a produção dos hormônios.

“São aqueles ricos em vitamina E, ômega 3 e polifenois. São os alimentos geralmente presentes na dieta mediterrânea, como azeite, peixes, frutas vermelhas (framboesa, mirtilo). Eles contribuem para uma melhora na saúde vascular e, por isso a relação com o fluxo sanguíneo, além de terem ação antioxidante, que protege o corpo”, afirma Patrícia.

A nutricionista ressalta que esses alimentos sozinhos não resolvem todo problema. Eles são uma parte da equação. Procurar as causas e tentar mudar hábitos, como procurar uma atividade física e cuidar da qualidade do sono – também faz parte do processo.

“É errado ver o alimento como um salvador, mas a dieta equilibrada traz benefícios e benefícios a longo prazo. É um conjunto de ações contra o estresse: começar a comer de maneira equilibrada, usar os alimentos com triptonafo e buscar mudar hábitos”, comenta. Ou seja, a alimentação é uma ajuda muito bem-vinda.

‘Ariana Grande’ fará show no Rio de Janeiro e em São Paulo

Cantora pop chega ao Brasil no final de junho com sua mais nova turnê mundial ‘Dangerous Woman Tour’

Ariana Grande trará sua nova turnê mundial, a Dangerous Woman Tour, para o Brasil no final de junho. Os shows da cantora no Rio de Janeiro e em São Paulo estão confirmados. As apresentações acontecem: no dia 29 de junho, na Jeunesse Arena, no Rio e no dia 1° de julho, no Allianz Parque, em SP.

A turnê leva o nome do terceiro álbum de estúdio da cantora, lançado em 2016 e indicado ao Grammy de Melhor Vocal de Álbum Pop e Melhor Performance Vocal Pop. O álbum foi sucesso de crítica e público, sendo um dos mais bem sucedidos comercialmente em 2016, com mais de um milhão de cópias vendidas. No ano passado, Ariana ganhou o American Music Awards de Artista do Ano.

Scroll To Top